Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

O Oscar Brasileiro

Imagem
Aconteceu hoje, no Rio de Janeiro, o evento mais importante para o cinema nacional. O Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, conhecido como o nosso Oscar, premiou os filmes e os profissionais que mais se destacaram ao longo de 2010.

Os favoritos da noite eram os badalados “Tropa de Elite” e “Chico Xavier”, cada um com 16 indicações. Na categoria de melhor longa ainda estavam “As Melhores Coisas do Mundo”, “Olhos Azuis”, “5X Favela, Agora por Nós Mesmos” e “Viajo Porque Preciso, Volto Porque te Amo”. Para melhor atriz o time foi de peso: Glória Pires, Marieta Severo, Christiane Torloni, Alice Braga e Ingrid Guimarães.

A apresentação ficou por conta dos atores Bruno Mazzeu e Fabiula Nascimento, que cá entre nós, cometeram várias falhas durante as quase três horas de evento. Foram mais de cem filmes finalistas escolhidos pela Academia Brasileira de Cinema e votados na internet, pelo público em geral.


And the Winner is...

O grande vencedor da noite foi “Tropa de Elite 2”, que levou nove prêmios …

Novidades de junho nas locadoras

Imagem
Dei uma olhada meio por cima nos longas que chegam para locação este mês e escolhi dois mais bacanas . “Cisne Negro”, que dispensa comentários, e “Como Esquecer”, filme nacional protagonizado por Ana Paula Arósio e bem comentado. Confira aqui!Cisne Negro

Para quem perdeu no cinema (assim como eu) o tão comentado “Cisne Negro”, que rendeu o Oscar de Melhor Atriz à Natalie Portman, já pode correr pra locadora mais próxima e conferir no conforto do lar essa história classificada como “suspense psicológico” tão assistido.A bailarina Nina, talentosa, mas instável emocionalmente, é provocada ao máximo por seu diretor artístico e ameaçada pela sedutora bailarina rival, o que a remete a um pesadelo.
Como EsquecerNesta produção brasileira, Ana Paula Arósio vive Júlia, uma professora de literatura inglesa que após viver intensa e duradoura relação amorosa, luta para reconstruir sua vida, já que foi deixada pelo seu grande amor.Ela conhece pessoas que também vivem o drama de terem perdido alguém i…

O Rei Leão em 3D

Imagem
Um dos maiores sucessos da Disney, lançado em 1994, já tem reestreia marcada para 16 de setembro nos cinemas americanos, desta vez, em 3D. No Brasil, a data ainda não foi confirmada.A Disney já relançou duas de suas criações em 3D que geraram bons frutos: “Toy Story” e “Toy Story 2” faturaram 65 milhões de dólares. “O Rei Leão” será a primeira animação desenhada previamente à mão transformada em 3D.“O Rei Leão” “original” foi indicado a quatro Oscar, levando dois: canção e trilha sonora. Nos EUA, o faturamento foi de 312,8 milhões de dólares, quase quatro vezes mais que seu custo, de 79,3 milhões de dólares.Se o relançamento seguir os passos do original, parece que tem tudo para ser sucesso de bilheteria.Fonte:Cinema City e G1

Sequência para “Thor”. Será?

Imagem
Sucesso recente nas telonas já em sua estreia, “Thor”, baseado no personagem dos quadrinhos que obteve 66 milhões de dólares no lançamento norte-americano, pode ter continuação.O diretor Kenneth Branagh não declarou oficialmente que haverá um segundo filme, mas se mostrou contente ao receber voto de confiança da Marvel, que detém os direitos do personagem.Segundo a revista Entertainment Weekly, Kenneth Branagh deve filmar a continuação se houver aprovação dos fãs do personagem. “Cabe aos fãs decidirem se deve ou não ter uma sequência”, conclui Branagh.Fonte:Cinema City e Colunas e Notas

Investigação e jogo de raciocínio

Imagem
Sabe aqueles filmes que fazem a gente pensar? Como se fosse um quebra-cabeças, você vai encaixando as peças, mas quando vem o desfecho, a história não era nada daquilo que você estava pensando?

Pois então. Adoro filmes assim. E, por acaso, assisti um hoje que me deu vontade de comentar aqui (após um mês de abandono, confesso). Estava dando aquela zapeada na TV e peguei no comecinho, me chamou atenção.

Ah, claro, antes que eu me esqueça, o filme em questão é “A Estranha Perfeita”. Em alguns momentos tive a impressão de já tê-lo assistido, mas não lembrava totalmente da história, então valeu a pena.

Uma jornalista de política (Halle Berry), conhecida por matéria polêmicas em que denuncia escândalos com parlamentares e gente poderosa, está com um caso bombástico de um senador que teria um caso com o estagiário que vai render a capa do jornal. Está tudo pronto, todas as informações levantadas, fonte, até que, um dia antes de a matéria ser publicada, seu chefe avisa que a fonte foi comprada e…