Postagens

Mostrando postagens de Março, 2012

Musical: A Família Addams

Imagem
Quem não se lembra da famosa família macabra de gostos um tanto duvidosos? Criados originalmente em quadrinhos pelo cartunista Charles Addams para a revista The New Yorker, os personagens da Família Addamns fizeram tanto sucesso que viraram série de TV, desenho animado, filmes, e finalmente um musical na Broadway.
A adaptação brasileira acaba de estrear em SP, no Teatro Abril, e ontem tive a oportunidade de assistir. Marisa Orth e Daniel Boaventura dão vida à Morticia e Gomez, com vozes impecáveis.


A trama gira em torno de Wandinha, que agora já crescida, se apaixona por um menino “normal” e pretende se casar, para desespero de seus pais. Tentando contornar a situação, a primogênita dos Addams marca um jantar para que seu clã conheça a família do rapaz, o que causa total rebuliço na casa.
Não bastando a terrível ideia de levar o namorado e sua família para jantar, Wandinha ainda faz o pai prometer que vai guardar segredo de sua mãe a respeito do noivado, algo que vai torturar Gomez, já …

A intolerância no trânsito de São Paulo

Imagem
Há algum tempo tenho observado como vem aumentado a intolerância das pessoas no trânsito de São Paulo. Há umas duas semanas, não me lembro ao certo, um homem, ao ser fechado por um ônibus, parou seu carro no meio da rua e não pensou duas vezes antes de subir no capô e esmurrar o motorista do coletivo. Era impressionante a fúria dele, que só parou uns minutos depois, com a chegada da polícia. Ele foi levado ao hospital para costurar a mão, àquela altura toda rasgada por estilhaços de vidro, e depois seguiu para a delegacia.
Outro dia, ao entrar na minha rua, um motoqueiro surgiu do além – sim, porque essas motos parecem brotar ao lado dos carros com suas buzinas estridentes e seus pés prontos para chutar um retrovisor – e, com a moto ao lado do meu carro, começou a me xingar dos piores nomes possíveis dizendo que eu havia entrado na rua “com tudo”, quase o atropelando. Eu abri o vidro e disse que eu não havia visto e para que ele parasse de falar comigo daquele jeito. Não adiantou, ele …